Quando um motorista CDL é preso por conduzir embriagado no Tennessee

Se você tem uma carteira de motorista comercial, você deve estar ciente das regras e penalidades especiais para dirigir sob a influência de álcool ou drogas. Se você possui uma carteira de habilitação de classe A, B ou C, ela foi emitida pelo Estado de acordo com as leis e regulamentos federais. Isto porque os veículos que você é treinado para operar são maiores e mais complexos e podem causar muito mais danos. Portanto, você é mantido a um padrão mais elevado em relação ao DUI.

A Federal Motor Carrier Safety Administration (FMCSA) estabelece os padrões para motoristas comerciais. A maioria dos estados, incluindo o Tennessee, não tem regulamentos de condução comercial separados, mas adotaram as regras da FMCSA como lei do estado.

A FMSCA estabeleceu 0,04 por cento como o limite de álcool no sangue para motoristas comerciais. Além disso, você não está autorizado a operar qualquer veículo comercial dentro de quatro horas após a ingestão de álcool. Além disso, as penalidades pela recusa de se submeter a um teste de respiração são substancialmente maiores para os motoristas de CDL. Recusar o teste, segundo as regras da FMCSA, equivale a se declarar culpado de DUI.

Além do limite inferior de álcool, a maioria das penalidades por uma condenação por DUI são as mesmas para motoristas comerciais e não comerciais – exceto que a suspensão da sua carteira de motorista pode ser maior em algumas circunstâncias.

Por exemplo, uma primeira vez por um motorista comercial que transporta materiais perigosos resulta em uma suspensão obrigatória de três anos da carteira de motorista. Para um motorista comum, a suspensão da carta de condução por uma primeira condução sob o efeito do álcool é de apenas um ano. Uma segunda condenação por DUI para um motorista comercial resulta em uma suspensão da licença de 10 anos até a vida útil, mesmo sem materiais perigosos envolvidos.

A perda da sua licença significa a perda do seu sustento

Estes períodos de suspensão podem impedi-lo de trabalhar. Por um lado, ao contrário de muitos motoristas comuns, você é obrigado a notificar o seu empregador dentro de 30 dias de quaisquer condenações de trânsito que você receber. Esta regra inclui condenações que ocorrem enquanto você está dirigindo seu carro pessoal.

Outras vezes, uma vez que o seu empregador é notificado de uma suspensão ou revogação da licença, é impedido de empregá-lo durante esse período de suspensão ou revogação. Além disso, mesmo quando você obtém sua licença de volta pode ser um desafio para encontrar trabalho como motorista comercial.

Se você ganha a vida dirigindo um ônibus, um veículo de entrega, um semi-reboque ou qualquer veículo comercial, você não pode se dar ao luxo de se declarar culpado de acusações de dirigir embriagado e esperar pelo melhor. Você precisa de combater as acusações. Contate um advogado de defesa experiente o mais rápido possível para sua melhor chance de limitar o impacto na sua licença e no seu sustento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.